Stéfano out 9, 2019

Seminaristas da Teologia são instituídos ao Ministério de Leitor

Seminaristas da Teologia são instituídos ao Ministério de Leitor

Com informações do Seminarista Giovani Teixeira Ballione. Foto: Seminarista Ronaldo Cezar Bressan Fázio.

A noite do dia 08 de Outubro, dia do Nascituro, foi de festa e alegria no Seminário São Carlos Borromeu, em Campinas. Os seminaristas do segundo ano, que cursam a Teologia na Pontifícia Universidade Católica de Campinas foram instituídos Leitores em celebração presidida pelo bispo diocesano, Dom Paulo Cezar Costa e concelebrada pelos padres Antonio Aparecido de Marcos Filho, reitor e Celso Maximino José, moderador espiritual daquela Casa de Formação.

O Leitorado, ou Ministério do Leitor, é concedido aos seminaristas durante a caminhada vocacional. É um reconhecimento pelo amadurecimento e formação alcançados. Acima de tudo, confere ao candidato ao ministério ordenado, de forma oficial, o anúncio da Palavra de Deus nas celebrações eucarísticas como também o dever oficial de catequisar os irmãos na fé.

Foram instituídos Leitores o seminarista Cristiano Aparecido Maciel, da Paróquia São João Batista de São Carlos; o seminarista Davi Celestino Peccin, da Paróquia São Nicolau de Flüe, de São Carlos; o seminarista Giovani Teixeira Ballione, da Paróquia São Benedito, de São Carlos; Seminarista Laudemir Antunes de Carvalho Júnior, da Paróquia Santo Antonio e São Vicente de Itápolis; Seminarista Lucas Ferreira da Silva, da Paróquia Senhor Bom Jesus, de Mineiros do Tietê; Seminarista Tadeu Aparecido Germano, Paróquia São Carlos Borromeu – Catedral Diocesana e Seminarista Vagner Peruchi, da Paróquia São João Evangelista de Ibaté.

Ao meditar a liturgia, Dom Paulo ressaltou a importância dos seminaristas serem “homens da Palavra”, formados e configurados à Palavra de Deus. Ao citar o exemplo de Maria, irmã de Lázaro, o bispo afirmou que é preciso que os seminaristas acolham a Boa Nova da Palavra de Deus, escolhendo sempre a melhor parte.

Seguiu-se o rito da Instituição, onde Dom Paulo abençoou os seminaristas e entregou-lhes o livro da Sagrada Escritura. Assim expressa o rito na entrega da Bíblia: “Recebe o livro da Sagrada Escritura e anuncia fielmente a Palavra de Deus, para que ela seja cada vez mais viva no coração dos homens. ”

Ao findar a celebração, os seminaristas agradeceram o Bispo Diocesano, os formadores e companheiros de caminhada, confiando-se a Maria, Mãe de Jesus, aquela que primeiro acolheu a Boa nova de seu filho. A noite concluiu-se com um jantar de confraternização.

Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.