Sidney Prado ago 10, 2020

Dia do Diácono: um serviço permanente para a Igreja

Dia do Diácono: um serviço permanente para a Igreja

Com informações do Diácono Carlos Pavan

No dia 10 de agosto a Igreja comemora o ‘dia do diácono’, na festa de São Lourenço, diácono e mártir, que é o patrono dos diáconos.

O Ministério Diaconal está para servir o povo de Deus; após o Concílio Ecumênico Vaticano II, com a restauração do Diaconado, sendo não só o Diácono Transitório, que será Presbítero (Padre), mas também o Diácono Permanente, Ministro Ordenada Casado, Matrimônio e Ordem, o mesmo se faz como o braço de seu Bispo para as questões sociais que demandam da Caridade.

O Diácono tem como missão, o serviço caridoso nos diversos ambientes da sociedade, fazendo através do Evangelho, que é Cristo, um resgate junto às pessoas que passam por privações e necessidades (Caridade). Também esta envolvido na dimensão da Palavra e da Liturgia.

São Paulo nos diz: 2Cor 9,6 “Quem semeia pouco colherá também pouco e quem semeia com largueza colherá também com largueza”, com esta afirmativa de São Paulo, devemos doar a nossa vida e história para que o Reino de Deus continue a acontecer entre nós. Em tempos de pandemia, novo ambiente social, os Diáconos devem se envolver com os que estão sofrendo e na ajuda frutuosa nas Paróquias que estão provisionados, contribuírem com os Padres neste difícil tempo e momento social.

Com a ajuda de Deus presente em Seu Filho Amado Jesus Cristo, no exemplo de São Lourenço, sejamos Diáconos que não medem esforços pelo irmão: Jo 12,25 “Quem se apega à sua vida, perde-a; mas quem faz pouca conta de sua vida neste mundo, conservá-la-á para a vida eterna”!!!

Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.