Seminaristas são instituídos Acólitos

0
5534

Por Padre Robson Caramano, Assessor de Imprensa

Dez seminaristas receberam o ministério do Acolitato na celebração em Louvor ao Patrono da Diocese, São Carlos Borromeu.

Os seminaristas estão no terceiro ano de Teologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas e deram este passo significativo em suas vocações. Receberam o ministério de acolitato os vocacionados: Elton Cesar de Lima, Flávio Francisco da Silva, Helton Dias do Santos, João Orlando Cavalcante de Sousa, Jonas Rafael da Silva, José Miraldo Almeida Machado, Leandro da Silva Pimentel, Luiz Felipe Pereira de Melo, Paulo Henrique Zavatti Caparelli e  Wilian Henrique Rodrigues.

De acordo com o Ritual Romano “aqueles que aspiram ao Diaconato e ao Presbiterato manifestam publicamente essa vontade de se entregarem a Deus e a Igreja para exercerem a Ordem Sacra.” Este sim dado através do ministério do acolitato é a forma na qual os seminaristas manifestam o desejo de servirem ao Senhor através do Sacramento da Ordem. Quem nos explica esta dimensão é o seminarista Jonas Rafael:


Qual a diferença deste ministério dado pelo bispo e dos acólitos nas paróquias?

A principal diferença se encontra na oficialização da instituição deste ministério pelo Bispo. Além do mais os acólitos instituídos podem realizar a celebração da Palavra e distribuir a Sagrada Comunhão. Diferentemente dos Acólitos presentes em nossas paróquias que exercem este ministério servindo o altar e se dedicando no serviço a comunidade.

Vale ressaltar que a instituição deste ministério é uma etapa importante da formação do candidato ao sacerdócio que, depois de alguns anos de discernimento vocacional, dá passos relevantes ao futuro exercício do ministério presbiteral.

Deixe uma resposta