Papa Francisco anuncia Dom Sérgio da Rocha Cardeal da Igreja

0
27092
Por Padre Robson Caramano. Colaboração:  CNBB e Rádio Vaticano.
Na manhã deste domingo, 09, o Papa Francisco anunciou um consistório para a criação de novos Cardeais para a Igreja, entre os bispos anunciados, está Dom Sérgio da Rocha, Arcebispo de Brasilia.

Saiba mais sobre Dom Sérgio da Rocha: Tendo sido padre da nossa Diocese de São Carlos dom Sergio da Rocha nasceu em Dobrada, no ano de 1959, filho de Rubens, falecido no ano 2000 e Aparecida Veronezi da Rocha. Foi ordenado diácono na Igreja de Santa Cruz de Matão – SP, aos 18/8/1984, e presbítero na Matriz do Senhor Bom Jesus de Matão – SP, Diocese de São Carlos, aos 14/12/1984. Estudou Filosofia no Seminário de São Carlos – SP e Teologia na PUC de Campinas – SP. Licenciado em Filosofia pela Faculdade Salesiana de Lorena – SP. Fez Mestrado em Teologia Moral pela Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, de São Paulo, e obteve o Doutorado na Academia Alfonsiana da Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma, aos 21/01/1997.

Atividades como Presbítero na Diocese de São Carlos: Como padre da Diocese de São Carlos trabalhou no Seminário Diocesano de Filosofia, em São Carlos, como diretor espiritual, professor de filosofia e reitor. No Seminário de Teologia de S. Carlos, em Campinas, foi diretor espiritual e reitor; foi também professor e membro da Equipe de Formação dos Diáconos Permanentes da Diocese de São Carlos. Exerceu, também, na Diocese de São Carlos, as seguintes funções pastorais: assessor da Pastoral da Juventude, coordenador da Pastoral Vocacional, coordenador da Escola de Agentes de Pastoral, coordenador Diocesano de Pastoral, vigário paroquial das Paróquias Nossa Senhora de Fátima e Catedral, reitor da Igreja São Judas Tadeu, em S. Carlos, pároco de Água Vermelha e de Santa Eudóxia. Foi ainda professor de Teologia Moral na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1989-2001), colaborando como tal em Porto Velho-RO, no Projeto Missionário Sul I / Norte I e na Escola de Teologia Pastoral de São Luiz de Montes Belos – GO, Igreja Irmã da Diocese de São Carlos.

Eleição Episcopal: No ano de 2001 foi nomeado, pelo Papa João Paulo II, Bispo Auxiliar em Fortaleza, Ceará, e Titular de Alba. Sua ordenação ao Episcopado se deu aos 11 de agosto de 2001, na Catedral de S. Carlos – SP, tendo como Bispos ordenantes D. José Antônio Aparecido Tosi Marques, D. Joviano de Lima Júnior e D. Bruno Gamberini. Aos 31 de janeiro de 2007, foi nomeado pelo Papa Bento XVI Arcebispo Coadjutor da Arquidiocese de Teresina. Dom Sérgio da Rocha iniciou seu trabalho na Arquidiocese de Teresina, como Arcebispo Coadjutor no dia 30/03/2007 e como Arcebispo Metropolitano em 03/09/2008. Aos 15 de junho de 2011 foi nomeado, pelo Papa Bento XVI, Arcebispo Metropolitano de Brasília, tendo sido acolhido na Catedral Metropolitana de Brasília aos 06 de agosto de 2011. Seu lema episcopal é: “Omnia in Caritate” (1Cor 16,14) – “Tudo na caridade”

Atividades no Episcopado: Como Bispo, serviu a Igreja sendo bispo auxiliar de Fortaleza (2001-2007), arcebispo coadjutor de Teresina (2007-2008), arcebispo metropolitano de Teresina (2008-2011), membro da Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé – CNBB (2002-2007), membro da Comissão Episcopal do Mutirão de Superação da Miséria e da Fome da CNBB (2001-2004), Secretário do Regional Nordeste I (2002-2007), bispo de referência da Pastoral da Juventude e da Pastoral Vocacional no Regional Nordeste I (2002-2007), bispo de referência para o Ensino Religioso e para os Presbíteros, no Regional Nordeste IV (2007-2011), Presidente da Comissão Episcopal para o Seminário do Regional Nordeste IV (2007-2011), membro da Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB (2007-2011), Presidente da Comissão Episcopal para Doutrina da Fé (2011-2015), Presidente do Departamento de Vocações e Ministérios do CELAM (2007-2011) e representante da CNBB na XIII Assembleia do Sínodo dos Bispos sobre a Nova Evangelização (2012) e na XIV Assembleia do Sínodo dos Bispos sobre a Família. Atualmente é Arcebispo Metropolitano de Brasília, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e membro do Conselho da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos (Vaticano). À Dom Sérgio da Rocha expressamos os votos de encorajamento nesta nova missão que o Senhor lhe confia. Bem como o acompanhamos com nossas orações

O Consistório: Depois do Angelus o Papa anunciou que no dia 19 de novembro, véspera do encerramento do Ano Santo da Misericórdia terá lugar no Vaticano um Consistório para a nomeação de 13 novos cardeais dos cinco continentes. Os novos purpurados provêm de 11 nações exprimindo assim a universalidade da Igreja que anuncia e testemunha a Boa Nova da Misericórdia de Deus. Os novos cardeais são os seguintes prelados:

D. Mario Zenari, Núncio Apostólico na Síria (Italia);

D. Dieudonné Nzapalainga, C.S.Sp., Arcebispo de Bangui (Republica Centro-Africana);

D. Carlos Osoro Sierra, Arcebispo de Madrid (Espanha);

D. Sérgio da Rocha, Arcebispo de Brasília (Brasil);

D. Blase J. Cupich, Arcebispo de Chicago (EUA);

D. Patrick D’Rozario, C.S.C., Arcebispo de Dhaka (Bangladesh);

D. Baltazar Enrique Porras Cardozo, Arcebispo de Mérida (Venezuela);

D. Jozef De Kesel, Arcebispo de Malines-Bruxelles (Bélgica);

D. Maurice Piat, Arcebispo de Port-Louis (Ilha Mauricio);

D. Kevin Joseph Farrell, Prefeito do Dicastério para os Leigos, Família e a Vida (EUA);

D. Carlos Aguiar Retes, Arcebispo de Tlalnepantla (México);

D. John Ribat, M.S.C., Arcebispo de Port Moresby (Papua Nova Guiné);

D. Joseph William Tobin, C.SS.R., Arcebispo de Indianápolis (EUA).

A estes novos cardeais juntam-se dois arcebispos e um bispo emérito que se distinguiram no seu serviço pastoral e ainda um presbítero que demonstrou um claro testemunho cristão. São eles D. Anthony Soter Fernandez, Arcebispo Emérito de Kuala Lumpur (Malásia); D. Renato Corti, Arcebispo Emérito de Novara (Italia); D. Sebastian Koto Khoarai, O.M.I, Bispo Emérito de Mohale’s Hoek (Lesotho) e o padre Ernest Simoni, Presbítero da arquidiocese de Shkodrë-Pult (Scutari – Albânia).

No domingo, 20 de novembro, Solenidade de Cristo Rei, na conclusão do Ano Santo da Misericórdia o Papa Francisco concelebrará a Santa Missa com os novos Cardeais, com o Colégio Cardinalício, com os Arcebispos, com os Bispos e com os Presbíteros.

Deixe uma resposta