Palavra que Ilumina: Sexta- feira, 09– MC 7, 31-37

0
90

Sexta-feira da 5ª semana do Tempo Comum

A Igreja recorda hoje a memória de S. Miguel Febres Cordero Muñoz, religioso, +1910, Santa Apolônia, virgem, mártir, + 249, S. Maron, monge, + cerca de 410, S. Romão, eremita, + séc. IV, Beato Leopoldo de Alpandeire, religioso, Beata Eusébia Palomino Yenes, virgem, +1935

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos (7,31-37)

Naquele tempo, Jesus saiu de novo da região de Tiro, passou por Sidônia e continuou até o mar da Galileia, atravessando a região da Decápole. Trouxeram então um homem surdo, que falava com dificuldade, e pediram que Jesus lhe impusesse a mão. Jesus afastou-se com o homem para fora da multidão; em seguida, colocou os dedos nos seus ouvidos, cuspiu e, com a saliva, tocou a língua dele. Olhando para o céu, suspirou e disse: “Efatá!”, que quer dizer: “Abre-te!” Imediatamente seus ouvidos se abriram, sua língua se soltou e ele começou a falar sem dificuldade. Jesus recomendou com insistência que não contassem a ninguém. Mas, quanto mais ele recomendava, mais eles divulgavam. Muito impressionados, diziam: “Ele tem feito bem todas as coisas: aos surdos faz ouvir e aos mudos falar”.

– Palavra da Salvação
– Glória a Vós Senhor

Reze, Medite e Viva a Palavra hoje com nosso Bispo:

Deixe uma resposta