Padre da Diocese participa de Simpósio Mariológico Ecumênico, em Curitiba (PR)

0
498

Por Sidney Prado – Assessoria de Comunicação da Diocese de São Carlos

 

No atual contexto da celebração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Rio Paraíba do Sul, e dos 500 anos da Reforma Protestante, a Comissão para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Comissão de Diálogo Bilateral Católico-Luterano, em parceria com o Núcleo Ecumênico e Inter-Religioso da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), está promovendo entre os dias 1 e 3 de setembro, em Curitiba (PR), o Simpósio Mariológico Ecumênico.

Destinado a todos os envolvidos na causa ecumênica, a formação possibilitará o conhecimento e o aprofundamento no comentário de Martín Lutero sobre a obra Magnificat, na ótica católica e luterana.

Padre Rene José de Sousa participa deste encontro representando nossa Diocese de São Carlos e destacou: “estar participando não é comemorar Lutero mas sim mostrar a sociedade fragmentada e líquida que aquilo nos une é maior do que o que nos divide, como disse uma vez São João XXIII.”

“Mesmo que as diferenças sejam mais facilmente visíveis e experienciadas, a fim de reforçar o que existe de comum, católicos e luteranos devem sempre partir da perspectiva da unidade e não da perspectiva da divisão” (Documento do conflito à comunhão. Comemoração conjunta Católico-Luterana da Reforma em 2017).

De acordo com o assessor da Comissão para o Ecumenismo da CNBB, padre Marcus Barbosa, o momento é também uma oportunidade para se fazer um resgate, a partir dos documentos ecumênicos, da figura de Maria na história da salvação, a fim de superar preconceitos recíprocos entre as Igrejas cristãs.

Ainda para o Padre estudar o comentário do Magnificat é uma oportunidade de aprender a contemplar as grandezas de Deus. “Sem dúvida é uma bela e convidativa oportunidade, neste Ano Mariano e Ano da Celebração dos 500 anos da Reforma, a cantar com Maria e aprender a contemplar as grandezas de Deus, o poder libertador de Jesus, a viver no reconhecimento de nossa fragilidade e pequenez, abertos e entregues à fé na sua misericórdia”, completa.

Na programação, além das conferências proferidas por doutores teólogos, membros da Comissão de Diálogo Bilateral Católico-Luterano, o simpósio conta também com duas conferências que serão ministradas pelo presbítero e doutor Hubertus Blaumeiser, teólogo alemão, professor em Roma, especialista na Teologia de Lutero.

“Que este Simpósio Mariológico Ecumênico sobre o ‘Louvor de Maria’ seja mais uma oportunidade para trilharmos juntos a estrada do movimento ecumênico, a caminho da reconciliação, desejo de Deus e compromisso nosso de cristãos”, exorta padre Marcus.

Fonte: CNBB

Foto: Padre Rene José dos Santos

Deixe uma resposta