Mudanças climáticas: Papa pede resposta eficaz diante de ameaças a rios

0
28

Por Sidney Prado – Assessoria de Comunicação da Diocese de São Carlos

Com informações da Rádio Vaticano / Foto: Reprodução CTV

Em mensagem ao congresso internacional “Água e Clima. Os grandes rios do mundo se encontram”, que vai de 23 a 25 e outubro, o Papa Francisco pediu que os governantes tenham respostas rápidas e eficazes quanto ao uso racional das águas.

Os representantes dos governos se encontram em Roma para dialogarem a respeito das principais bacias fluviais do mundo e o futuro da água em meio às mudanças climáticas.

A mensagem do Papa Francisco foi lida pelo Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin, que participou da inauguração do evento. Neste texto, o Santo Padre expressa os votos de que o trabalho dos participantes para sensibilizar a consciência da comunidade internacional leve não só a soluções práticas, mas evidencie também a necessidade de uma abordagem mais integrada em vista da promoção do desenvolvimento e da difusão de uma “cultura do cuidado”.

A finalidade deste encontro é afinar o discurso dos envolvidos e criar uma visão comum tendo em vista dois eventos importantes que envolverão este tema e serão realizados em breve. O primeiro será a 23ª Conferência das Partes (ou COP 23) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (da sigla em inglês, UNFCC), que será entre os dias 6 e 17 de novembro deste ano na cidade de Bonn, na Alemanha. O segundo grande evento sobre este tema será o Fórum Mundial da Água de Brasília, previsto para março de 2018.

Francisco se preocupa como as ameaças das mudanças climáticas podem atingir aos mais vulneráveis e espera que respostas rápidas e eficazes possam ser colocadas em prática.

O congresso que está sendo realizado em Roma conta com a participação do Diretor-Geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Dr. José Graziano da Silva. As problemáticas relativas ao Rio Amazonas serão expostas pela embaixadora venezuelana Maria Jacqueline Mendoza Ortega.

Deixe uma resposta