Jubileu dos Diáconos da Diocese

0
1598

   Por Diácono Carlos Alberto Pavan

                  Convocados pelo Santo Padre, o Papa Francisco, estivemos reunidos, no Santuário de Adoração São Pio X, no dia dez de Agosto de 2016, Diáconos com suas respectivas famílias. Diáconos Transitórios, Vigário Geral: Padre Marcos Antonio Ghidelli, Chanceler do Bispado: Padre Eduardo Malaspina, Vigário Episcopal para os Diáconos: Padre Ériko Thiago Nogueira, o Embaixador da Misericórdia: Padre Paulo Fernando Dalla Dea, o Reitor do Seminário de Filosofia: Padre José Luis Beltrame, Padre Marco Aurélio, do Santuário de Adoração Permanente São Pio X, Padre Nilton Antonio Marques, do Mosteiro da Apresentação do Senhor e com a grata presença de sua Excelência Reverendíssima Dom Paulo Cezar Costa, nosso Bispo Diocesano.

                Tudo começou com o Padre Paulo Dalla Dea, Embaixador da Misericórdia, falando-nos sobre perdão dado e recebido, a partir de uma relação de inserção misericordiosa que devemos exercer sobre todas as pessoas, principalmente os pobres de Deus. Com a acolhida feita pelo Vigário Episcopal dos Diáconos, Padre Ériko, Dom Paulo Cezar dá inicio à Santa Missa.

                A Santa Missa, presidida por Dom Paulo Cezar Costa, contou com a passagem pela Porta Santa de todos os Diáconos e respectivas famílias, num momento especial para todos os que se fizeram presentes na Celebração.

                Na Homilia, Dom Paulo Cezar, ressalta a partir de São Lourenço, servidor de Nosso Senhor Jesus Cristo, perdendo assim a sua vida, no serviço a Cristo, na pessoa dos pobres de Deus, que todos somos chamados pelo “Serviço” na construção do Reino de Deus. Cada Diácono deve estar ciente da profundidade do serviço na Caridade, para buscar em Cristo, sanar as feridas sociais.

                O Bispo ressalta que no serviço diaconal, Liturgia, Palavra e Caridade, a Caridade é a força maior do Diácono. Cristo o grande Servidor de Deus. Os frutos colhidos pelo semear do serviço, produzirão a beleza da Igreja.

                O Diácono Carlos Alberto Pavan, presidente do Diacônio, agradece Dom Paulo Cezar, pela presença e em nome do Diacônio, ressalta que todos os Diáconos estão à disposição do Bispo, para poderem ser os braços do Bispo nas questões da Caridade.

                Dom Paulo Cezar é presenteado como uma Casula Verde pelo Diacônio. Após a benção final, todos participaram de uma pequena confraternização.

                 Confira abaixo as fotos

Deixe uma resposta