Faleceu padre José Dias Goulart, ex-assessor de imprensa da CNBB

0
302

Por Sidney Prado – Assessoria de Comunicação da Diocese de São Carlos 

Com informações: Conferência Nacional dos Bispos do Brasil 

A Pia Sociedade de São Paulo comunicou nesta sexta-feira, 1º de setembro, o falecimento do padre José Dias Goulart, aos 89 anos de idade, ocorrido na quinta-feira, 31 de agosto, às 21h, na Comunidade Vila Mariana, em São Paulo. O sacerdote já exerceu o posto de assessor de imprensa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) nos anos de 1971 a 1979, no Rio de Janeiro. Em Brasília, na nova sede da entidade, continuou exercendo o cargo até 1983. Ele também prestou importante serviço junto à Cáritas Brasileira, como vice-presidente da entidade.

Nascido em Presidente Prudente (SP) em fevereiro de 1928, fez os estudos em Filosofia, e em novembro de 1951 viajou para Roma para cursar Teologia. Sua ordenação presbiteral ocorreu no dia 05 de dezembro de 1954, no Santuário Rainha dos Apóstolos.

Autor de várias publicações pela Paulus, padre José Dias Goulart dedicou-se ao longo de sua trajetória como revisor de textos, tradutor e colocou sua voz a serviço de vários programas radiofônicos. Foi chefe de jornalismo na Rádio América; diretor das Rádios Paulinas; coadjutor e pároco da Paróquia Santo Inácio de Loiola; coordenador da Área Pastoral Paraíso (Região Sé); professor de português na Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (FAPCOM).

“Rogamos ao Senhor que nosso irmão Padre José Dias aproveite a nobre virtude da solidariedade e sua inclinação a socorrer os necessitados, e diga à Trindade Santa que nós, Paulinos e toda a Família Paulina, necessitamos e pedimos auxílio, assistência, orientação para seguirmos sendo fiéis aos nossos carismas”, diz nota da Pia Sociedade de São Paulo.

Funeral

De acordo com a Pia Sociedade de São Paulo, os funerais serão realizados na Paróquia Santo Inácio de Loyola, em Vila Mariana, São Paulo. A missa de corpo presente será às 13h. Em seguida, o corpo seguirá para sepultamento no Cemitério Santíssimo Sacramento.

Deixe uma resposta