Em missa, Núncio Apostólico no Brasil acolhe novos bispos da CNBB

0
591

O segundo dia da 54ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) iniciou com missa, na Basílica Nacional do Santuário de Aparecida, nesta quinta-feira, 07 de abril. A celebração foi presidida pelo núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello, e concelebrada pelos bispos de Dourados (MS), dom Henrique Aparecido, e de Jataí (GO), dom Nélio Domingos Zortea.

Na abertura da missa, dom Giovanni D´Aniello acolheu os novos bispos nomeados no período de maio de 2015 a março de 2016 e desejou paz no ministério episcopal à serviço da Igreja.

Durante a homilia, o bispo meditou sobre o Evangelho de João, capítulo 3, que trata do amor de Deus pela humanidade. Dom Giovanni explicou que o Pai confiou a Jesus e à Igreja a missão de anunciar o amor e a misericórdia aos povos.

“Deus se inclina na nossa condição. É a grandeza da misericórdia de Deus que vem ao nosso encontro. Ele é o Pai que envia seu Filho para nos lembrar que não estamos sós, mas temos a proteção de um Deus que nos Ama. Ele foi até a cruz para nos resgatar”, refletiu.

Proclamar a misericórdia

Ao recordar a passagem de Atos dos Apóstolos, capítulo 5, versículo 27, o núncio destacou o compromisso dos discípulos, que a exemplo de Jesus, também são chamados a anunciar o amor e a misericórdia.

 “Ainda que enfrentemos dificuldades, não podemos desanimar. Assim como os apóstolos, precisamos permanecer firmes no chamado que Deus faz a cada um de nós”, disse o bispo.

No contexto do Ano da Misericórdia, convocado pelo papa Francisco, explicou que é o Espírito Santo que doa a fé, sendo Ele o verdadeiro dom da fé. Dom Giovanni convidou os novos bispos a serem testemunhas do amor e da misericórdia do Pai em suas dioceses, levando ao povo de Deus a mensagem de esperança e paz.

“O amor para iluminar as mentes e os corações, para purificar as nossas intenções. Que Deus nos dê o Espírito da verdade, o paráclito. Que Maria Santíssima, Nossa Senhora Aparecida, nos acompanhe nesses dias e apresente a Jesus as nossas dificuldades. Que Deus nos abençoe”, concluiu dom Giovanni.

Bispos nomeados 2015-2016

Dom Adilson Pedro Busin, C.S., bispo auxiliar de Porto Alegre (RS);

Dom José Albuquerque de Araújo, bispo auxiliar de Manaus (AM);

Dom Henrique Aparecido de Lima, bispo de Dourados (MS);

Dom Frei João Muniz Alvez, OFM, bispo da Prelazia de Xingu (PA);

Dom Paulo Bosi Dal’Bó, bispo de São Mateus (ES);

Dom Zenildo Luiz Pereira da Silva, C.SS.R, bispo coadjutor da Prelazia de Borba (AM);

Dom Nélio Domingos Zortea, bispo de Jataí (GO);

Dom Aparecido Donizete de Souza, bispo Auxiliar de Porto Alegre (RS);

Dom José Reginaldo Andrietta, bispo de Jales (SP);

Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa, bispo de Garanhuns (PE);

Dom Ricardo Hoepers, bispo de Rio Grande (RS);

Dom Frei Carlos Alberto Breis Pereira, OFM, bispo coadjutor de Juazeiro (BA)

Mons. Luiz Carlos Dias, nomeado bispo auxiliar de São Paulo (SP)

Deixe uma resposta