Dom Paulo Cezar fala à Rádio Universitária FM sobre os 300 anos do Encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida

0
118

Por Sidney Prado – Assessoria de Comunicação da Diocese de São Carlos

Foto: Padre Robson Caramano

Às vésperas do feriado nacional dedicado a Nossa Senhora Aparecida, o nosso Bispo Diocesano, Dom Paulo Cezar Costa, foi entrevistado nesta manhã no “Jornal 102 em Noticia”, apresentando pelo radialista Adão Geraldo. Dom Paulo esteve na emissora acompanhado do assessor de comunicação e imprensa da Diocese de São Carlos, Padre Robson Camarano.

Dom Paulo, em sua palavra de acolhida, destacou a alegria de estar participando do programa e poder compartilhar com os ouvintes, da Rádio Universitária FM, os frutos da celebração jubilar dos 300 anos de bênçãos: “Deus deixou para nós, povo brasileiro, a sua Mãe que veio de uma forma muito simples nas redes daqueles pescadores. Primeiro o seu corpo, depois a sua cabeça. Maria é a presença materna na vida de cada brasileiro e esse é um momento muito especial para todos nós homens e mulheres de Fé”, enfatizou o bispo.

Em 2017, a Igreja Católica celebra o encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida. Segundo a história, a Imagem foi encontrada em outubro de 1717 por três pescadores: João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia, no Rio Paraíba.

Após várias tentativas de pesca, os pescadores retiraram das águas do rio uma imagem de Nossa Senhora que, veio nas redes, separada em duas partes: corpo e cabeça. Depois do encontro da imagem, eles conseguiram encher as redes com grande quantidade de peixe: “Nascia, assim, a fé inabalável de um povo à Mãe de Jesus: uma imagem encontrada nas águas escuras de um rio, e a história da primeira graça alcançada naquela multiplicação dos peixes. Desde então, a Mãe Peregrina se tornou sinônimo de fé pelas incontáveis graças recebidas e pelos milagres relatados”, destacou Dom Paulo.

Ao ser perguntando pelo radialista Adão Geraldo, sobre a Rosa de Ouro enviada pelo Papa Francisco a Nossa Senhora Aparecida, Dom Paulo disse ser um significado de carinho muito grande do Papa com Nossa Senhora Aparecida, foi uma forma de reconhecimento àquela que foi proclamada Padroeira do Povo Brasileiro.

No ano de 2013 nosso bispo diocesano foi um dos organizadores da visita do Papa Francisco ao Brasil. Em sua fala disse que o “Papa Francisco quando veio ao Brasil, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, foi até Aparecida como peregrino e esse foi o desejo dele, tornando assim o coração do Papa um coração contemplativo da presença materna da mãe que ali estava. E foi isso que ele vivenciou e marcou e esta rosa que tem este significado de profunda comunhão com Aparecida com o povo brasileiro”, comentou Dom Paulo.

Em nossa diocese

O encerramento do Ano Nacional Mariano em nossa Diocese acontecerá, concomitantemente, nos quatro Vicariatos da Diocese: São Carlos, São Bento, Senhor bom Jesus e Nossa Senhora do Patrocínio, em todas elas neste dia 11 de outubro, às 19h30.

Ouça a mensagem final de Dom Paulo Cezar

 

Deixe uma resposta