Dom Paulo Cezar celebra os 10 anos da Paróquia São Francisco de Américo Brasiliense

0
993

Por Sidney Prado – Assessoria de Comunicação

Na noite da última sexta-feira, 02 de junho, nosso Bispo Diocesano, Dom Paulo Cezar Costa, celebrou Missa Solene pelos 10 anos de criação da Paróquia São Francisco de Assis, na cidade de Américo Brasiliense. Concelebraram o então pároco, Côn. Alberto do Rio, o então vigário paroquial, Pe. Paulo César Travaglini, bem como Pe. Humberto Manoel, pároco de São Judas Tadeu, Pe. César, pároco em Santa Lúcia e Pe. José Mário, pároco em Rincão. Os diáconos permanentes Dirceu e José Geraldo também se fizeram presentes, assim como dois seminaristas da Teologia, filhos da Paróquia, José Miraldo e Ueriques.

A Celebração Eucarística contou com grande afluência de fiéis, provenientes das diversas comunidades componentes da Paróquia. Houve a entrada das imagens dos padroeiros das comunidades, e, em seguida, a bênção e entronização da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no contexto do Ano Nacional Mariano, tricentenário do encontro da imagem no rio Paraíba.

Em sua homilia, Dom Paulo Cezar, explanando o evangelho do dia, falou sobre a importância do amor gratuito a Jesus, a exemplo de Pedro, que, no final de sua vida, soube doar-se totalmente, oferecendo-se em sacrifício. Seu amor, ainda não plenamente maduro – “Senhor, tu sabes tudo, tu sabes que sou teu amigo” (Jo 21,17), tornou-se gratuito e oblativo no martírio.

Após a reflexão, Dom Paulo agradeceu todo o empenho do Côn. Alberto do Rio à frente da Paróquia São Francisco nesses 10 anos de história, como seu primeiro pároco, e, tendo aceitado sua renúncia, conferiu-lhe o título de pároco emérito, motivando uma calorosa salva de palmas em agradecimento. Côn. Alberto optou por retornar à sua cidade natal, Mineiros do Tietê, onde viverá mais próximo de seus familiares.

Por fim, fez-se a leitura e a entrega da provisão ao Pe. Paulo César Travaglini, que assumiu o ofício de Administrador Paroquial.

Texto : Padre Paulo César Travaglini

Foto: Silvia e Flavio Ferraz

Deixe uma resposta