Dom Paulo Sérgio Machado – Bispo Emérito

dp3

Dom Paulo Sérgio Machado nasceu no município de Patrocínio, Estado de Minas Gerais, aos 22 de novembro de 1945. Filho, gêmeo com o padre Sérgio Paulo Machado, do Sr. Olímpio Machado e da Sr. Maria Rabelo. Tem sete irmãos e é licenciado em Filosofia pela Faculdade de Ciências e Letras de Divinópolis (MG) e também bacharel em Teologia pelo Instituto Central de Filosofia e Teologia da Universidade Católica de Minas Gerais.

Foi ordenado presbítero aos 8 de abril de 1972, por Dom José Almeida Batista Pereira, até então, bispo de Guaxupé (MG). Exerceu seu ministério presbiteral na cidade de Coromandel por 17 anos.

Foi professor de Latim na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letrasem Patrocínio; professor de Teologia Fundamental no Seminário Menor Maria Imaculada, na cidade de Araxá (MG); professor de Teologia Pastoral no Seminário Maior de Uberlândia; também desempenhou o cargo de Secretário da Educação no município de Coromandel. Especializou-se em Teologia Pastoral pela Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma (Itália). Tornou-se o segundo bispo diocesano de Ituiutaba (MG) aos 26 de julho de 1989, escolhendo como lema episcopal: “OPUS SOLIDARIETATIS PAX” (A Paz é fruto da solidariedade). Foi sagrado bispo aos 24 de setembro de 1989, pelas mãos do então núncio apostólico no Brasil, Dom Carlo Furno. Aos 22 de novembro de 2006, no seu aniversário de 61 anos, foi eleito bispo da Diocese de São Carlos (SP), cuja posse canônica deu-se aos 25 de janeiro de 2007.

Na Diocese de São Carlos, Dom Paulo foi responsável pela criação de 54 paróquias e também pela ordenação de  58 padres. Em 2008 organizou os festejos e comemoração dos 100 anos da Diocese São Carlos. Reformou o Seminário Maior de São Carlos, dando-lhe como patrono São João Paulo II e, também, reabriu o Seminário Menor, juntando-o com o Seminário Propedêutico, sob o patronato do Santo Cura d’Ars (São João Maria Vianney). Criou o Instituto de Filosofia Santo Tomás de Aquino (INFISTA) para auxiliar na etapa de formação filosófica dos seminaristas de nossa diocese. Promoveu uma ampla reforma na residência episcopal e na Cúria Diocesana. Implantou a Cáritas Diocesana e deu nova configuração pastoral na Diocese, criando 10 regiões pastorais, favorecendo assim a aproximação dos padres e sua participação nas reuniões. Enviou quatro padres a Roma para curso de especialização. Preparou, no prédio da Cúria, as instalações do futuro Tribunal Eclesiástico Diocesano, e em 13 de dezembro de 2015, em Solene Celebração litúrgica na Catedral de São Carlos, abriu a porta santa do Jubileu Extraordinário da Misericórdia. Solenidade esta, que também foram ordenados 6 novos Presbíteros para o serviço pastoral na Diocese de São Carlos. No dia 16 de dezembro, sua Santidade o Papa Francisco, acolheu o pedido de renúncia de Dom Paulo Sérgio.